REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, março 05, 2013

Hei dona moça


Hei dona moça, 
Parece-me que a força que te move
São sonhos desembalando dentro da alma...
A desfolharem-se suavemente
Em busca da liberdade.
Qual sopro cálido
Contornas as rodas da vida
Resistindo ao tempo das securas.
Em sentires deixa-se ir
Passo a passo deixa-se fluir...
 Quase sem pousar os pés no chão
Concede ao tempo um doce sabor de ilusão.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores