REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, maio 29, 2012

Re(visão)


Quando você me olhou nos olhos
Eu lhe falei de mim...
Desnudei a minha essência.
Despi de todo pudor
Contei-te sobre o amor.
Mas teu olhar não viu aquela
 Que aos teus olhos estaria nua.
Olhou-me, como uma fugaz brisa...
E teu olhar não me chamou de tua.
Passou por mim
Mas a minha alma não desvendou.
 enfim,
Continuas sem saber quem sou.

Um comentário:

Tatiane Salles. disse...

Vou e venho e sempre me surpreendo com os seus nobres escritos. É um prazer pra mim ler seus versos. Teus olhos, tua essência, tua alma... Você é poesia! Obrigada por escrever e não pare nunca. Por favor.
Parabéns!


Te desejo uma ótima tarde de quarta-feira.
Um grande abraço.
Tati.

http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

Att.


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores