REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, março 25, 2012

Silenciosamente me entrego


Hoje você chegou
De novo...
Quero dizer
Você sempre voltou
Depois  que me deixou
Então talvez chegue um dia
Que você não volte
O dia em que eu me perca
Dentro ou fora do tempo?
Plumas levadas pelo vento
espalhadas
 No meio do caminho
Ave que perde o ninho
Em que não me reconheço
Finalmente me esqueço
Ou 
deverás
Será um novo começo
E corro a me procurar
Na esperança de me encontrar
finalmente
Com minha personalidade
Em paz
Com minha individualidade
Onde não me nego
Silenciosamente me entrego
Em equilíbrio... balanço
Abro os braços e danço.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores