REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, novembro 21, 2013



Coisas que ela espalha pelos cantos...
 O sorriso: Quase sempre começa desabrochando devagar
E aos poucos "entorna" pelos cantos da boca.
O olhar: Acredite, ela parece ter-lhe um mundo anexo.
Em imensidão de doçura...
Que aos tantos lhe transborda pelos cantos dos olhos.
A alma: Ela possui uma dessas almas grandes...
Carregada de sentimentos bons
Que não lhe cabem dentro do peito.
Então ela espalha e espalha...
Aqui e ali
Vai deixando pedacinhos de si.
E o coração?
Ah! Esse...
Ela unicamente o segue
Ele lhe vai abrindo caminhos
E colocando delicadezas dentro.

Um comentário:

Samuel Balbinot disse...

Bom dia May.. descreveste muito bem as coisas mais belas que temos.. o poder do sorriso, o vislumbrar do olhar, a alma que vai aprendendo a ser grata para com as outras.. beijos de bom dia até smepre


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores