REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, março 24, 2013

Poemas soprados


O tudo não lhe parece ser bastante
O olhar não se esgota
Prolonga-se além...
A desnudar a alma do mundo.
Extraindo para si 
Bosques de cores...
Aconchegando à alma 
Poesias distribuídas.
Coletando ao coração
Poemas inteiros.
Como se não lhe houvesse amanhã.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores