REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sábado, março 23, 2013

Cores furtadas



Ao fundo de sua solidão
Eu estive lá.
Preguei o amor, a felicidade...
Espalhei estrelas em suas noites escuras.
O tempo passou...
E sem aviso 
Sem fazer ruído
Você deixou-me de fora da sua vida.
Roubou-me o céu...
 Dentre a escuridão que me tingiu
Fiquei a reinventar-me em cores.


3 comentários:

✿ chica disse...

É preciso reinventar-nos em cores. não podemos ficar opacas, cinzas...beijos,chica

edumanes disse...

Cores furtadas
Não estive lá para ver
Com as tuas mãos delicadas
Onde fostes as flores colher?

Teu chapéu vermelho
Teus lábios pintados
Teus olhos azuis vejo
Corações brancos e encarnados!

Boa noite para você, amiga may lu,
um beijo, Eduardo.

ᄊム尺goん disse...

Dos nossos planos
é que tenho mais saudade.
(Vento no Litoral)
Renato Russo


beijo


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores