REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, janeiro 13, 2013

É preciso permitir se amar


Após profundo sono em imensidão cinzenta
Se desperta iluminada pela grandiosidade das flores.
 Porque toda luminosidade que precisava
Encontrava-se dentro de si mesma.
Assim sendo, ela deixou o antigo casulo de solidão.
E seguiu seu caminho...
Reaprendeu a confiar e amar.
Descobrira o suficiente para ser feliz...
Precisou amar-se para aprender
A dar e a receber afagos na alma.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores