REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, junho 13, 2012

O reencontro


Para muitos 
Foi bem mais fácil me considerarem louca
Do que me compreenderem.
Entretanto você de mim se aproximou...
Em silêncio me abraçou.
E protegendo-me de mim mesma
Atravessou os meus silêncios...
Desnudando-me por inteira
Rompendo-me o lacre.
Minha porta, tua chave!
E um desejo enorme de escancarar-me...
Desvendando-me todas as senhas.
Soubeste antes de mim
Que as cicatrizes são apenas flores...
A fazer-me um jardim na pele
Numa primavera meio-louca.
Para esconder-me de rigoroso inverno.
A fronteira que me separa dos hipócritas.
E finalmente entendi que depois de ti
Eu sou o meu lado certo.
O reencontro... 
De uma louca com seu mundo
Sua paz.
As feridas da alma foram curadas
Um gesto de ternura
Um olhar
O teu olhar... 
Sobre mim.

4 comentários:

MOISÉS POETA disse...

Uau!

Cada vez mais seus escritos me agradam , querida !

Muito bom voltar a ler-te !

Um beijo grande !

Sónia M. disse...

"Soubeste antes de mim
Que as cicatrizes são apenas flores
A fazer-me um jardim na pele"

Lindo!

Gosto da sua poesia!

Beijo
Sónia

edumanes disse...

Sua alma voou
Eu vim ao encontro dela
Para ficar aqui estou
A olhar junto de sua janela!

Você com ciumes ficou
Quando eu olhava para ela
Mas não é o que pensou
Você para mim ser a mais bela!

Por isso estou aqui
Para o declarar
Seu comentário li
Logo a vim cumprimentar!

Boa quinta-feira,
um beijinho
Eduardo.

M.Cecilia Flor. disse...

Linda Noite,May Lu.um poema bem reflexivo,contundente.Sucesso.Bjus\Flor*
Se puder visiteme em Vassourinha de capim..Literatura Infantil...valeu


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores