REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

segunda-feira, maio 28, 2012

Medo de amar


Ele sondava e esperava
Que ela lhe mostrasse 
A face que dele escondia
Pois ela sempre lhe mostrava
A face que da verdade fugia
Guardava no fundo do peito um segredo
Ao amor não se entregava por medo
Por culpa da desilusão...
Quando à outro entregou o coração.
Traçou caminhos
Doou carinhos
Amou em vão.
E hoje por ter medo de amar
Deixou a felicidade passar
Ela não sabe mais ao amor se entregar.
E ele cansado de esperar,
Foi-se em outros mares navegar .

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores