REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sábado, março 17, 2012

Ávida ave adormecida


Estando em mim
Sabe de cor cada lugar meu
Sem defesas 
 Dou-te o melhor que eu sou
Sinto seu mergulho
Em minhas profundidades
 As mãos que me tocam
Aplaina meu corpo
Solta os delírios esquecidos
Um olhar...
Olhar de fome
 Ávida ave adormecida
Arranca em voo
Aonde só chega quem não tem medo
De amar...

2 comentários:

Matheus-Poeta disse...

linda , linda , linda s2 amei , nossa senhora , fiko lindo demais esse poema! bjs

Matheus-Poeta disse...

com certeza , só consegue voar quem não tem medo de amar...


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores