REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, fevereiro 22, 2012

Suplício dos sonhos


Ela ainda era criança
Quando lhe foi tirada 
A esperança
A fé 
A confiança
A magia lhe foi roubada
A menina foi executada
Dentro da alma
Do coração
Da vida
A peça lhe foi destinada
Mas nunca foi ensaiada
Uma peça chamada: 
(Suplício dos sonhos)
Sem aplausos
Foi atuada em sangue
O seu papel era triste
A cena foi trágica
representada 
No palco dos insanos 
Espetáculo do horror
teatro
De um projeto louco
Escrito por um produtor sem alma.



Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores