REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, fevereiro 16, 2012

Realidade cruel


Para ver a luz
Tem que atrevessar
Vários desafios
...
Incrédula do amor!
Depressão pelo erro
De uma aventura.

Tantos obstáculos
Quantas rasteiras
Tenho de levantar,
Enfrentar os ódios
Pular as Barreiras
Dor? Tento escapar!

O que será de mim?
O que será do mundo?
O que será de nós?
Parece não ter fim
 Profundo abismo imundo
Que me assola , é tão atroz!

( Matheus Rodrigues Aguillar Gera )

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores