REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, fevereiro 12, 2012

Presa no tempo



Densa bruma 
 Que nem o vento
E nem o sol dissipa
Tarde cinzenta
Dia negro
Camufla o sorriso
Aloja o frio
Coração inquieto
Agita no peito
Condensa a dor
Presa no tempo
Seca e nua
Tela sem tinta
Sem arte... Sem vida
Sem vela... Sem chama
Rola na lama
Em passo lento
O tempo não passa...



Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores