REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, fevereiro 12, 2012

Nuances


Sou estudante da vida
Aprendo na caminhada
Caminho e semeio
Para os outros que virão
Sigo a procissão
Vivo cada segundo
Como se fosse o último
Sou só sentido
Sentindo a brisa
Existo... respiro
pauso
Meu tempo é agora
O amanhã desconheço
Sou apenas um grão
De mostarda
De areia
Nuances
Entre tantas cores
Sou metamorfose ambulante
O mundo, eu, o destino.
Assim vou vivendo
E sonhando.
Desnudo-me lentamente
A eternidade
De ser
Pétalas de rosas
Que abriga a borboleta.



Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores