REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, agosto 14, 2011

Colcha de Retalhos


Ainda trago comigo
Aquela colcha de retalhos
Lembranças trazem-me contigo
De um amor feito aos pedaços

Retalhos de tecidos
Todos coloridos
De cortes e recortes

Esta já desbotada pelo tempo
Mas tem gravada nossa história
De cores e sabores levados pelo vento
Só restando na memória

Arrepios e carícias
Fogo e paixão
Amor cheio de delicias

Colcha molhada de pranto
É onde choro minha dor
Quebrou-se todo o encanto
Da nossa história de amor.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores