REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sexta-feira, março 07, 2014


Desde sempre eu aceitei o amor
Reconheci a sua imensidão
Bordando ternuras em minhas mãos
E o recebi em minha casa-coração.
Passeando dentro de mim
Ele vai me ensinando os caminhos
Confesso que nem sempre o deixei guiar-me
Mas conseqüentemente tive de retroceder-me
Sobre os passos dados
Por ter tomado o rumo errado
E se porventura temei em seguir
Posso garantir que as surpresas
Não me foram as esperadas.
O amor tem um jeito terno de ser...
As suas vontades são feitas de mansidão
Sem os arroubos da nossa visão
Ele quer que analisemos os horizontes
Desvendando os seus mistérios e as suas ilusões.
Eu sei que muitas vezes não entendi a sua voz
Mas descobri que é só fechar os olhos
E deixar-me guiar no amor de Deus
Esse é o único e verdadeiro amor
Que nos guia os caminhos e os passos.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores