REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, fevereiro 27, 2014


Retêm-se junto à noite as nebulosidades
Despertei, amanhecendo em cores...
Transmutando o gasto e cansado em fulgor
Desvelando a vivacidade do espírito
Sou-me em sol com cores de arco íris
Que os ventos não ousem soprar-me as nuvens!
Pois cá não acharão abrigo...
Hoje, amanheci em cores.


3 comentários:

Zilani Célia disse...

OI MAY!
OLHANDO AS ATUALIZAÇÕES EM MEU BLOG TE VI E JÁ QUE HÁ MUITO TEMPO NÃO VINHA TE VISITAR, ESTOU AQUI.
TRADUZINDO, AMANHECER EM CORES É DESPERTAR FELIZ...
LINDO TEU TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

✿ chica disse...

Sempre lindas inspirações! beijos, tudo de bom,chica

Crista disse...

Beijão para tu,meu arco íris!!!!
Se o vento insistir em te trazer nuvens...não liga...afastarei os relâmpagos e os trovões de teu coração!!!!
Diz pra mim:
Sou ou não sou um projeto de poetisa?????...ksksksksksksks...
Nem precisas disfarçar...sei muito bem o que sou!
Te adoro!


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores