REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, dezembro 19, 2013


Devemos sim, acreditar, sonhar...
Porém devemos ser do tamanho dos nossos sonhos
E não do tamanho das cercanias em que vivemos.
Deixemos que eles se distendam além...
Como pipas desenhando horizontes
Em olhos-mãos de um menino.
Além de que...
Os sonhos nos ajudam a descobrir
A vastidão que nos habita.
Alimentando a invisível sede das nossas almas.
E cada um de nós têm o coração transbordando de sonhos
Elaborados com as cores guardadas das nossas almas.
Então espreguicemos os braços, as pernas e a alma.
Ao alcance dos mesmos. 
Pois que um corpo sem sonhos é só um corpo.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores