REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sexta-feira, outubro 25, 2013


Embriaguei-me de poesia
Da taça em que borbulhas o inteiro do mundo.
Bebi gota a gota o doce e o amargo da vida...
Do seu êxtase e do seu sangue.
Tornei-me ébria do poema de cada dia
Sempre em brotamentos de momentos.




3 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá May Lu,nos embriagamos com os versos das poesias,que estão dentro da nossa alma.
Adorei!
Bjs amiga,obrigada da visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia-mamymilu

edumanes disse...

Embriagou-se de poesia
Isso, eu já percebi
Flores para uma flor eu trazia
Pelo caminho a pensar em ti
Distraído vinha
Não sei onde as perdi
Não foi por mal
A penas por distracção
Por ser tão especial
Perfeito o teu coração
Aqui de Portugal
Te envio um beijo
Não deixa cair no chão
Boa fim de semana te desejo.
Eduardo.

edumanes disse...


Bom dia com alegria!
Bom fim de semana e prosperidade
Saúde, paz, carinho e amor, de noite e de dia.
Das minhas para as tuas mãos delicadas
Pega na chave da porta da nossa amizade
Por Deus com carinho e amor abençoadas
Mantém a porta do teu coração, aberta à felicidade.

Para ti, amiga may lu,
um beijo
Eduardo.


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores