REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, abril 25, 2013

Viagem crepuscular


Aprendi mais em meio as tempestades
Do que em plácidas calmarias.
Os ventos tempestuosos acrescentaram-me coragem
 Para enfrentar os meus medos.
Aqueles medos bichos-papão...
Caiados no íntimo de minha alma.
Foram esses mesmos ventos
Que me deram forças de seguir em frente.
Acresceram-me uma vontade indomável
Rompida nas plantas dos pés.
Passo a passo...
É nesse compasso
Que hoje percorro os espaços de mim.
Esquadrinho-me em oásis o âmago dos meus desertos.
Viagem crepuscular
Em meio às chamas que me ardem a alma
Leva-me em busca de horizontes.

7 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Ventos tempestuosos,que nos deixam seguir em frente!Lindo May Lú!

Bjs
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Tim disse...

As viagens que caminhamos são determindados por nossas escolhas em que refletir, e lembrar....quando concentramos nas coisas más do passado, ou nas coisas negativas, nossos caminhos, nossas viagens, e nossas vidas tambem se tornam negativas e más....

Eu escolho uma viagem que é cheio de coisas positivos, e pensamentos das coisas boas que tem acontecido comigo, tál como uma mulher que é geralmente uma bênção na minha vida, e tem a possibilidade de gerar horizontes positivas tambem!!!

Que tenhas um fim de semana cheio de bêncãos...

Sonia Guzzi disse...

Oi!
Bom transitar por aqui!
Grande abraço. Em divina amizade.
Sonia guzzi

Eu...Suzana disse...

São as "tempestades" do dia a dia que nos ensinam a viver, são elas que nos dão possibilidades de crescermos nesta grande viagem chamada Vida. Um grande beijo amiga e boa semana prá ti.

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Muito lindo,May Lu!

Pensei que vc tinha escluído seu blog,pois nunca mais comentou no meu.Que bom que continua.

Obrigada pela visita de hoje,1 de maio e volte mais vezes,ok?

Beijos e lindo final de feriado

Donetzka

Ives disse...

A Srta tem um blog maravilhoso, cheio de vida! Se permitir a seguirei! abraços

Paulo Francisco disse...

A calmaria nos deixa preguiçosos.
Um beijo


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores