REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, abril 09, 2013

Alma das folhas.


Pelas mãos do inevitável destino
O outono se desfolha.
Em voos palpitantes as folhas caem.
Porém,
Não as tenho secas ou mortas.
Sinto a luz da vida
Enquanto ao solo são diluídas.
Não há porta, nem janela...
Que as impeça.
São renovo
São respirar
São seiva para o renovo...
Folhas caídas tem asas.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores