REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, janeiro 16, 2013

Tão fácil te admirar


Delicada flor
Tão pura na sua existência
Primeiramente te apreciei com os olhos
Mas diz-me: porque apenas te olhar 
Se posso te tocar...
E a intensidade desse carinho 
Só tu podes entender
É a ternura em mim
É-me o meu coração
Na palma das mão.

2 comentários:

VILMA PIVA disse...

Olá May, a fragilidade de uma flor na ternura e fortaleza de uma mulher
Parabéns,
Beijos!mulher

edumanes disse...

Eu te venho visitar
Delicada flor
Para com ciumes não ficar
Diz ao teu amor!

Não te posso levar
Para o meu jardim
Como jardineiro te podar
Em troca do teu perfume para mim!

Sim, és ternura
Tens muito para dar
De viagem numa aventura
Eu e tu, num barco a navegar!

Amiga não me leva a mal
Só estou na brincadeira
Recebe um beijo do amigo de portugal
Minha amiga may lu, brasileira!

Boa noite desejo para você,
e bons sonhos,
Eduardo


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores