REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, janeiro 08, 2013

Cores de sonhos


Hoje eu só quero o som do vento
Envolvente e profundo
Um som que me escama o sólido
Fazendo-me uma pausa...
... Em outro ser.
Transmutação fluída e nebulosa
A remover-me todas as agruras da vida.
Sem pressa
Que é uma viagem de dentro
Envolvendo-me, tocando-me e dissolvendo-me.
É época de abrir caminho
De purificação.
Vou ser sonhos em cores
 Nos ventos que sopram em devaneios.

Um comentário:

edumanes disse...

Porque hoje ela só quer
O som do vento
Pensamentos de mulher
Que sejam felizes e não de sofrimento!

Envolvente e profundo
Dentro do peito guardadas
Sofrem por um vagabundo
Por vezes são maltratadas!

Sem elas o homem não pode viver
Elas sem os homens também não
May lu, lindos poemas sempre escrever
De amor, saudade e paixão!

Boa noite para você,
amiga may lu,
um beijinho
Eduardo.


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores