REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, agosto 22, 2012

Elos de uma alma


Sentimentos embaralhados...
Por vezes desejo compartilhar
Meus sonhos, meus anseios
Meus erros e acertos.
Outras vezes desejo um lugar solitário
Sozinha com meus segredos.
Medos?
Certamente os tenho.
Compartilhar é abrir  caminho...
Certo ou incerto.
Onde eu desconheço
Os movimentos e a paisagem.

3 comentários:

edumanes disse...

As cores de tua vida
Eu muito as admirar
Confusas não são acredita
Gostava do teu rosto beijar!

Com o respeito devido
De um bom amigo virtual
Não sou nenhum atrevido
Sou cidadão de Portugal!

País irmão do teu
Teria sido Álvares Cabral
Que no Brasil apareceu!

Dois povoa juntou
Falando a mesma língua
Tu aí,e eu aqui estou
Dizendo as verdade minha amiga linda!

Boa quarta-feira,
um beijinho para você,
com muito carinho.
Eduardo.

Eu...Suzana disse...

Nossa alma possui caminhos tão variados e estranhos, só ela é que verdadeiramente sabe quem somos, ela é a essência que nos motiva a viver. Um belo poema amiga, beijinhos e boa semana.

Simone MartinS2 disse...

Os elos que se criam
por conta de situações vividas
são os mesmos que corroem e prendem
nossa alma...Dai,os elos da alma falarem mais alto...Adorei!
Abraços carinhosos e sdds!


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores