REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sábado, maio 05, 2012

Tão breve o encanto


Tão breve o encanto
A beleza de uma nuvem passageira
Encantamento que é levado pelo vento
Passa tão rápido quanto um pensamento
Ficando perdida nas linhas do tempo
Tão breve os sonhos que tenho contigo
Num arrebatamento da alma
Ainda nem sei se dormia
Sedenta do teu corpo no meu
Das carícias que sempre mendigo
E ainda mal refeita do sonho
Percebo a grande ironia
Ao olhar o lugar vago e frio ao meu lado
Estou sozinha perdida no breu.

Um comentário:

Simone MartinS2 disse...

Eu penso que doi muito mais uma solidão sentida a dois, do que realmente estar sozinha em pensamentos vagos e delirios.
Triste mas verdadeiro!
Bjinhos


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores