REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, março 07, 2012

São tintas da minha vida



Aprendi a escrever para aprender a viver
Em meus lábios somente o silêncio
Mesmo assim bebo dos meus versos...
Tem versos que não escrevo
Só pinto preto no branco
Não posso falar das cores
São tintas da minha vida
Em lápis rápido desenho
O pássaro
Mas,
Não o ninho
O caminho
É secreto... O limite
Não me permito
Desvendar certos mares
A substância em êxtase
Da dor... Do amor
Em fogo na mão.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores