REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, março 01, 2012

Despida de sonhos


Só se ouve o farfalhar do vento
Rompendo o silêncio
Despe todos os sonhos
As malas já estão prontas
Não tinha mais porque ficar
Não havia mais como reparar
Só restavam cacos espalhados
Em passos lentos caminha
Segue para a porta
Não se vira
Segue em frente
Não há ninguém para o adeus.

Um comentário:

Matheus-Poeta disse...

com certeza minha mãe , nada como deixar tudo caminhar normalmente com a lei da natureza assim como do jeitinho que Deus deixou , se Jesus nao teve pressa e num teve medo , pq teremos? , ass= matheus-poeta bjs


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores