REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, fevereiro 01, 2012

Borboletas azuis


Adeus borboletas azuis
Não estou somente abrindo 
As mãos
Mas também os olhos
O pensamento
Para a todos os fatos
A vida
Onde os finais felizes
Estão distantes 
Da realidade
A bolha mágica estourou
E a felicidade é relativa
A única coisa certa
é a morte...
O que existe do outro lado?
Confesso que não sei
Cá estou
Não vou antecipar
Sigo pela vida
Sem polêmicas
Com o passar do tempo 
Mudanças são feitas
O segredo é aceitá-las
Manter as relações
O núcleo
A essência
Expulsar os inquilinos
As dúvidas
Os medos
Sem dias nublados
Pois o mundo abriga dois lados
Dia... noite
Temos escolhas
Ser________não ser
Aceitável ou não
O hoje é a resposta
O futuro?
Somente sigo a rota
E caminho
Com os pés no chão...



Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores