REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sábado, janeiro 28, 2012

Meu reflexo em ti


Perdido na noite escura
Uma alma solitária 
Em sua doce loucura
Fez da solidão sua companheira
Palavras são desnecessárias 
Apenas ditas no silêncio do olhar
Sons de um coração ferido
Uma recusa ao resto do mundo
Tão centrado... Em refúgio
Senti meu reflexo em ti
Uma alma em busca de outra alma
Compreendi cada gesto seu
Cada sorriso contido
Pude me ver em teus olhos
Senti o compasso do seu coração
Em descompasso com o meu
E todo o medo se cala
Silencioso em conspiração
Com todo o universo
Mistério de almas gêmeas
Almas de lobos solitários
Que se compreendem
Sem o véu da ilusão
Mergulho em águas profundas
Um abismo chama outro abismo.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores