REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

segunda-feira, dezembro 12, 2011

Vale selvagem



Senti...
A utopia rindo da minha cara
Enquanto ouvia 
Ao longe uma canção
Que toda criança tem alegria de ouvir
E de cantar
Fiquei com um gosto amargo na boca
Descendo feito fel pela bílis
O canto soa mais alto
Mais perto
Os sonhos ecoando pelos montes
Descompassando meu coração deserto
E por um instante torno-me
Uma mulher-criança
Ou seria
Um criança-mulher?
Um soluço...
E cavalgo minha fuga
Galopante.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores