REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quarta-feira, dezembro 07, 2011

Alma Peregrina

 
Oh! Alma minha
Alma cansada
Peregrina és no mundo
Perdida na imensidão
No seio da minha escuridão
Onde tu estas?
Porque te afliges?
Sozinha em tuas angústias
Em meio às tempestades.
Onde está teu porto?
Tua guarida.
Salvação! Salvação!
Oh alma minha 
Sinta a paz no coração.
Sim, minha alma
Por tanto tempo julguei-te
Perdida, esquecida...
 Agora sei que é parte de mim
E que a solidão é minha.


Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores