REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sexta-feira, agosto 19, 2011

Lacunas


Penso em nós,
 Lacunas de memória me retornam,
Teimam em voltar.
Parece que o tempo não passou
Somente lembrança me restou
Dos sonhos, da vida
Mas onde estás vida?
É-me apenas uma nostalgia.
Que me atormenta
E alimenta minha dor.
De um tempo de magia.
Que já não pode ser.
Mas como esquecer?
É-me minha sombra agora.
Berço de ânsias e tormentos.
Lacunas de pensamentos.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores