REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

segunda-feira, agosto 22, 2011

Eu sou... No espelho sua imagem


Eu sou o sol que te aquece
A que paz que te acalenta
Sou aquela que te da amor
Dos teus beijos o sabor
A paixão que não esquece
O desejo que enlouquece
Sou tempestade da paixão
Onde se perde a razão
Nas delicias das procuras
Eu sou o seu prazer
Aquela que te satisfaz
Nas noites de verão
Sou chama sem talvez
A melodia da canção
O sentimento da emoção
O certo da insensatez
A chegada da viagem
No espelho sua imagem.

Um comentário:

Tim disse...

Muito bonito essa poema, meu amorzinha...está de parabens, pois esperava encontrar algo muito mais escuro e negativo, e você conseguio subir acima das saudades que ambos sentimos um para o outro e escreveu uma poema criativa, e linda tambem!!! Beijos no coração!!!!


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores