REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

segunda-feira, junho 27, 2011

Solidão


Que sentimento é esse
Que me machucou o coração
E deixou-me sem o chão.

Este amor tão insano
Tão cheio de engano
Fez de mim seu refém
E em pedaços me retém.

No silêncio que espreita
Coração sem vida
De sombras se enfeita.


Amor quando é feito de migalha
Como folha de palha
Ao vento se espalha.

Um comentário:

Tim disse...

Recentemente, suas postagens e poesias estão todas escuras, deprimidas, tristes, falando de solidão e falta de amor, meu anjo!

Me deixa triste vendo você pensando e escrevendo dessa maneira, pois ao contrário, você tem muitas coisas positivas na sua vida, sem nem falar do meu amor por ti!

Beijos no coração


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores