REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, junho 14, 2011

Minha Dor


Estou sendo rasgada de dentro para fora
Expondo minha dor deixando-me nua
Deixando a angústia assim tão crua
É minha alma que silencia e chora

Estou tão só apenas eu e minha dor
Que em mim se aninha em mais ninguém
Rasga-me por fora e no interior
Ela chegou e Ficou não sei de onde vem

 Minha dor é mais que minha
É dor que se fez pranto
Meu choro é por todos e estou sozinha
Cala-me e impede meu canto.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores