REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, fevereiro 15, 2011

A essência feminina


Debaixo dos traços
Desvela o rosto
É mais do que mostra.
É sangue, é carne...
O cerne.
Anatomia fina
Da alma...
É a vida
vivida.
É os dias
Sorridos, sofridos...
Do frio e do quente
Que lhe arde no ventre.
São as dores do mundo
No útero fecundo.

Nenhum comentário:


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores