REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

domingo, agosto 24, 2014


Há sempre uma fenda ou outra
Por onde as delicadezas podem entrar
Deixe vir
Deixe chegar mansinho
E se encaixar
Deixe pousar
Deixe ficar
E se enternurar
Para dias assim...
Sem cor
De dor.


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores