REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

quinta-feira, maio 10, 2012

Um poema pintado


Já fui pássaro pequeno
Que não sabia voar
Entretanto,
Ainda me lembro
Que eu sabia cantar
Já fui pássaro ferido
Perdida dentro do tempo
Com as minhas asas cortadas
Tive o meu canto esquecido
Foi quando resolvi fugir
E pelos ares afora 
Eu comecei a sonhar
Pássaro livre voando
No infinito sonhado
Envolvida nas asas do vento
Eu vejo um céu multicor
Onde há um poema pintado
Em tintas de todas as cores
Um pássaro que aprendera voar.

2 comentários:

edumanes disse...

Um poema pintado
Com as cores do amor
Um sonho realizado
Você ser uma flor!

Nascida no jardim
Da esperança, liberdade
Sua beleza sem fim
Do desejo, do prazer e da vontade!

Boa quinta-feira,
um beijo
Eduardo.

Tim disse...

Essa poema sim é linda...gostei muito dêle, meu anjo!

A gente se reunirmos amanhã...

Beijos


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores