REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

terça-feira, fevereiro 14, 2012

Luz dos meus olhos ( Dedicado à meu esposo Tim )


Pela luz dos olhos teus
Esqueço o tempo
E o mundo lá fora
Teu olhar preso no meu
Desperta a ternura
A fantasia... A alma pura
Dou vazão à imaginação
Posso ver a lua azul
Deixo fluir, me exponho.
...
Vendo-me em tua retina
Encontro o caminho
Vejo o que nunca tinha visto
 A voz do seu coração
Bem dentro do meu
Que me acalma
Embala-me
Faz-me prosseguir
...
No profundo do teu olhar
Mergulho em água límpida
Ao emergir, sou eu em ti.
Renovada... Alma lavada
Repleta___Completa
enxergo 
O melhor que eu sou
então
Não me olhe depressa demais
Olha para dentro 
De mim
De ti
De novo
E de novo
Retenha teu olhar no meu
Dentro do meu coração.



Um comentário:

Tim disse...

Adorei essa poema, meu anjo! Viu como pode escrever coisas lindas E positivas quando se esforçar? Te amo!


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores