REVELAÇÃO

Pois metade de mim é partida
a outra metade é saudade.


Oswaldo Montenegro

sábado, março 26, 2011

Metades


Cinco Da Madrugada Acordei De Repente,
Saí De Casa, Fui À Rua, Olhei Pra Cima,
E Lá, A Lua De Prata, Só Metade...

Pensei Em Nós, Você E Eu,
Duas Pessoas Tão Diferentes, Tão Feridas,
Metades Do Que Eram...

Sua Tristeza, Minha Decepção
Famílias Separadas, Filhos Magoados,
Mas Acima De Tudo... Deus!

Sua Metade, Minha Metade,
Deixa-Nos Menos Do Que Inteiro,
Faltando Algo Nas Nossas Vidas...

Mas Chega O Dia Quando,
Você E Eu, Metade Dos Dois,
Podem Completar E Sarar O Outro.

E Das Duas Metades,
Surgir Casal Completo,
E Felicidade...



Tim Jertberg 

Um comentário:

Márcia Eler disse...

Lindo seu Blog e as poesias...amei tudo. Parabéns!


O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distância. (May Lu)

flores