REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

terça-feira, 17 de março de 2015


Não, eu não nego...
Que já tive vontade de ferir quem me feriu,
Que já quis revidar a altura ou talvez até além...
Pois é tão mais fácil “dar o troco”,
“Pagar na mesma moeda”,
Colocando em prática a abolida lei...
Do “olho por olho, dente por dente”.
Mas, isso me faria mais digna?
Ou me traria paz comigo mesma?
Certamente que não.
Ao revidar as ofensas ao pé da letra
O outro estaria colhendo o que plantou?
Se é como dizem por aí...
Que "cada um colhe o que planta"
Pode até ser que sim.
Mas, e eu? Estaria colhendo o que plantei?
Não, creio não.
Pois se eu semeio amor espero colher amor...
É isso que espero colher do meu jardim.
E não é semeando ou esparramando mais ervas daninhas
Pelos canteiros, que eu vou conseguir esse propósito.
Por isso não estranhe o meu recolhimento
E às vezes, até certa doce de isolamento...
Pois não vou bater de frente
Com os infortúnios... Das almas sem levezas.
Eu prefiro a paz do meu silêncio.
Afinal doce e permanente, é o perfume das flores...
Que permanece na concavidade da minha alma.