REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

domingo, 22 de junho de 2014


Gosto dessa capacidade do amor em restaurar almas...
Porque o amor tem essa aptidão em se fazer colo.
O amor sabe chegar mansamente,
Com braços ternos e afagos nas pontas dos dedos.
O amor sabe ser silêncio e cuidado à dor alheia
Respeitando o tempo de cicatrização
Que uma alma ferida precisa.
O amor sabe ser força, acalento
E principalmente sabe ser seiva
Na vida daqueles que precisa de brotamentos.
Então é isso... O amor se faz em curativo
Feito de esperança, fé e amorosidades
Sem contra-indicação ou tempo de validade.


segunda-feira, 16 de junho de 2014


A menina que mora em mim
Gosta de andar descalço
Para que a terra, a relva... A vida
Faça-me cócegas na alma
A menina que mora em mim
Gosta de tocar a vida com as mãos
Pois é somente assim que as ternuras
E as amorosidades de cada dia
Faz-me caminho ao coração.

sexta-feira, 13 de junho de 2014


Por vezes é preciso reconhecer que as palavras perdão,
Amor, persistência, crença...
Não servem de escudo diante certos comportamentos.
Por vezes é preciso abrir mãos dos sonhos idealizados...
Da insistência em certas pessoas, em certos caminhos.
É preciso deixar de se deixar ferir, de se deixar magoar
Pois se assim o permitimos é assim que vão agir conosco.
Não sejamos alvo de agressões físicas ou moral.
Pois viver com auto-estima e liberdade de escolhas
São direitos adquiridos na hora em que nascemos.
Bem sabemos que não existe recomeço sem dor...
E que em qualquer recomeço vamos deixar pedaços nossos atrás
De certa forma estaremos “abrindo mão” de alguém
Ou de alguma coisa que amamos.
De repente o que temos de nosso é só o primeiro passo...
Com um longo e desconhecido caminho a nossa frente.
Porém a certeza de que Deus reserva o melhor para cada de nós
Faz-nos seguir em frente.
Pois o bonito da vida é viver com quem saiba amar e confiar
Com quem saiba que respeito ao próximo
É o alicerce de qualquer relacionamento.
É preciso saber o significado de andar de mãos dadas
Fazendo-se encantar e encantando
*-Por um amor bonito...*
O caminho que eu escolhi é o do amor. Não importam as dores, as angústias, nem as decepções que eu vou ter que encarar. Escolhi ser verdadeira. No meu caminho, o abraço é apertado, o aperto de mão é sincero, por isso não estranhe a minha maneira de sorrir, de te desejar o bem. É só assim que eu enxergo a vida, e é só assim que eu acredito que valha a pena viver



quarta-feira, 11 de junho de 2014



Que o belo de cada dia nos salte aos olhos
E que o saibamos apreciar
Pois a vida é uma benção
E desfrutá-la com leveza é sabedoria.




Diante as lutas de cada dia
Eu desejo o meu melhor sorriso
E a serenidade para atravessá-las
Sem perder o bem que me habita.


terça-feira, 10 de junho de 2014


Adoro as levezas
Porém sou feita de intensidades
De dentro pra fora e de fora pra dentro
Sou espalhafatosa
Cheia de imensidões e profundidades
É no muito que me sei
Rio alto, com vontade
Gosto de sentir o riso subindo pela garganta
E transbordar pela boca numa gargalhada gostosa
Até a minha face toda se transformar num sorriso largo
Já o meu choro é silencioso
Doído e profundo
É um choro fetal
Onde sou o útero a mim mesma
A minha dor e as minhas lágrimas
É assim que me permito ser
Com tudo e todos que amo.


segunda-feira, 9 de junho de 2014


Saibamos segurar a felicidade pelas mãos...
 Façamos com que os momentos de ternuras, 
De aconchego permaneçam um pouco mais. 
Não tenhamos pressa em abrirmos mãos 
Das pequenas delicadezas que a vida nos oferece.
 Por vezes precipitamos as atribulações às nossas vidas, 
Aos nossos dia a dia. 
É preciso acarinhar os sorrisos, os gestos, 
O olhar aos poemas que a vida nos escreve a cada dia. 
Que nos sejam doces...


domingo, 8 de junho de 2014


Como eu amo essas delicadezas que pousam em minha alma...
Gosto dessa suavidade mansa com que vão me preenchendo os dias
Uma alma cheia de amorosidades se torna forte
Têm fé na vida e no amor de cada dia
Um coração acariciado conserva as doçuras
Mesmo nas horas mais amargas das nossas vidas
Pois é essa sensibilidade às ternuras que nos faz sobreviver.



Tem gente que nem sabe que ilumina ao redor...
Gente que transborda levezas nos atos
E brinca de ser poesia.
Tem gente assim...
Que se sabe ser em doçuras
E transmuta-se em amor que se expande
E a outros compartilha.
Gente feito manhã risonha “banhando” os nossos jardins.