REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

terça-feira, 5 de novembro de 2013


Que me seja doce o desembrulhar das delicadezas de cada dia.
Pois que, são elas que me embalam o sublime à alma.
Vagarosamente procuro absorver o tudo de cada ternura;
Não quero perdê-las tão rápido para as agruras da vida.
Dou voltas e voltas dentro...
Habitando espaços que me brotam no peito.
É a vida derramando-me aromas, cores e sabores.
Espalhando aqui e ali
O singelo à prova do tempo.

5 comentários:

ᄊム尺goん disse...

...a delicadeza começa do zero a cada dia.


lindo poema.


beij0

Daniel Andre disse...

Cada dia é como uma linda rosa que desabrocha e nos encanta, fazendo-nos despertar, para seus doces aromas, cores e sabores.

Q lindo !

Abraços,
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

nelma ladeira disse...

Belas palavras!!
Agradeço a sua visita,e seu lindo comentário.
Volte sempre beijinhos.

edumanes disse...

Que seja doce o desembrulhar!
O paladar com doçura
Para os teus lindos olhos olhar
No teu rosto vi ternura!

Boa noite para você
amiga may lu, um beijo
Eduardo.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia, May!
Como vai? Comigo, bem!
Belíssimo...ternura... é um sol de aurora,quando a noite termina e o dia aflora, e que às vezes por simples desdouro,permanece escondido atrás das nuvens...
Agradeço pelo carinho, muito obrigado,bom final de semana, beijos!