REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Há frutos que não colhi


Há frutos que não colhi
Na polpa doce do tempo.
Há pingos de néctar
Nos fios de minha memória.
Há um eclodir de cores e sabores
Nas ramagens dos meus outonos.
Eventualmente fico a sorver...
A aragem açucarada dos ventos.
Presente nos bagos maduros
Dos frutos que não colhi.
Por tempo indefinido
Inalo o doce aroma da esperança.

Promessas estagnadas


De repente percebi que estava vazia de mim
De ti, do nosso amor...
E em minhas raízes nuas
 Senti a solidão úmida do chão.
Umedecidas pelos teus mares de promessas...
Que se estagnaram em águas
Profundas e escuras.
E é nestas águas que hoje mergulho
Dando braçadas a procura 
Das juras prometidas.
Mas apenas me vejo submersa...
 Em um lago de palavras adormecidas
E esquecidas pelo tempo.


Ser poeta


Ser poeta...
 É ter nas pontas dos dedos
Todas as promessas do mundo.
E bordá-las em fios de seda.
Ser poeta
É sentir a solidão e o silêncio
Que há no interior das pedras.
E abrigá-los dentro dos versos...
Ser poeta
 É desvendar os mistérios que se escondem 
No interior das pálpebras do tempo.
E dar asas à imaginação...
Ser poeta
É procurar novos caminhos
Para a cegueira da humanidade.
E libertá-los da escuridão...
Ser poeta
É rasgar do seio da terra
Os segredos aninhados...
E despi-los nos versos de um poema.
Ser poeta
É abranger todos os horizontes...
Sem ter medo de voar.
Ser poeta
É virar a alma do mundo do avesso
E contemplar a poesia.
Ser poeta é ver o mundo sem janelas
Somente imensidão...
Bem ao alcance das mãos.