REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Um poema pintado


Já fui pássaro pequeno
Que não sabia voar
Entretanto,
Ainda me lembro
Que eu sabia cantar
Já fui pássaro ferido
Perdida dentro do tempo
Com as minhas asas cortadas
Tive o meu canto esquecido
Foi quando resolvi fugir
E pelos ares afora 
Eu comecei a sonhar
Pássaro livre voando
No infinito sonhado
Envolvida nas asas do vento
Eu vejo um céu multicor
Onde há um poema pintado
Em tintas de todas as cores
Um pássaro que aprendera voar.

O peso que carrego



Trago em mim, de todos os sonhos,
 Os cacos.
 É esse peso que tenho em meus ombros.
Desde há muito tempo os suporto...
E os carrego na mochila.
Como se fossem um salva-vidas
De todos os sonhos que já sonhei.
Dos tempos em que acreditei
Com a liberdade de voar...
Vôos além do infinito
Entre o sol e o luar!
É esse peso que me sustenta
E não me deixa afundar.
Enquanto desço entre as pedras
Deste rio a desaguar.
Quiçá tudo mude em breve
E sobre águas mansas vou navegar.
E de todo esse peso 
Vou poder me libertar.