REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

domingo, 25 de março de 2012

Embriagada na saudade


Lá estava ela
Passando dias e noites
Á espera...
Embriagada na saudade
Novamente esperando ele ligar
Pegar no telefone só pra conversar
Falar que estava com saudades
E dizer que pensou nela
Começar com uma conversa 
Dizendo-lhe que se importa
Lá estava ela sempre a esperar
ansiando
 Vê-lo entrando pela porta
Deixando-a toda perplexa
Pela surpresa inesperada
Esquecida que vive esperando
Com ele sempre chegando
Entretanto a vida termina
Com ela esperando sozinha
Por alguém que nunca chegou.


Silenciosamente me entrego


Hoje você chegou
De novo...
Quero dizer
Você sempre voltou
Depois  que me deixou
Então talvez chegue um dia
Que você não volte
O dia em que eu me perca
Dentro ou fora do tempo?
Plumas levadas pelo vento
espalhadas
 No meio do caminho
Ave que perde o ninho
Em que não me reconheço
Finalmente me esqueço
Ou 
deverás
Será um novo começo
E corro a me procurar
Na esperança de me encontrar
finalmente
Com minha personalidade
Em paz
Com minha individualidade
Onde não me nego
Silenciosamente me entrego
Em equilíbrio... balanço
Abro os braços e danço.


O palhaço


Ele vem cavalgando
Num cavalo de vassoura
Sorriso pintado no rosto
Fazendo crianças rir.

Más se olham mais fundo
Verás as lagrimas
Descendo no rosto
Do palhaço solitário.

Quantas pessoas não vêem,
Nem tomam o tempo
De procurar, de saber...
Das vidas dos outros.

Preocupações
Tristezas
Mágoas
Percas.

Que andam palhaços,
Sorrindo, brincando...
Fazendo-nos rir
Más tristes e só.

O porteiro do condo,
Quem serve café,
Zeladora, secretária
Pessoas sem rostos.

E quando a vida
Traz-me dores e mágoas;
Eu pinto um sorriso de óleo
E viro palhaço.


( Timóteo Jertberg )