REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

sábado, 10 de março de 2012

Não basta só seguir em frente


Pegar um atalho nem sempre significa 
encontrar a felicidade
Se não te preocupas para onde ir
Não te importas o caminho a frente
Não basta só seguir em frente
Temos de ter a capacidade de observar
A simplicidade das coisas
Nem sempre visível aos nossos olhos
É um caminhar para dentro de nós mesmos
Em busca da fonte
Se partirmos do princípio 
Certamente alcançaremos o ponto de chegada
E estaremos caminhando com a certeza
De estarmos no caminho certo.

Concedei-nos senhor


Concedei-nos senhor
Sabedoria para termos o conhecimento elementar
De que a caridade é o principio de todas as coisas
Concedei-nos a serenidade de espírito
Para termos a concepção do é preciso fazer
E o conhecimento em que se deve crer
Dai-nos a fé de acreditar no que não pode ser tocado
Para que possamos ter a coragem
A bravura de semear o amor
Mesmo a beira do precipício 
E o mais importante nos concede a visão
Do caminho a seguir...

O amor na semente


Como é bom olhar para a mesma coisa
E ver de modo diferente
Visualizar com nitidez
O que eu conhecia desde o principio
Só que agora vejo com outros olhos
Sob outro prisma
O primitivo extraído
Puro e genuíno
cônico
Que nasce na axila da folha
O primeiro elemento dos ramos
Antes do seu desabrochar
O botão
O amor na semente.


Amor feito vinho


Hoje eu quero alguém que me descortine
Que me enxergue essência da mulher 
Que esqueça as rugas em volta dos olhos
E se note refletidos neles
Que veja o amor espelhado
A profundidade dos sentimentos
Que me sinta do coração os batimentos
E a minha capacidade de amar
Não quero o limitado
Espero o infinito
A sinceridade da relação
Que petrifica contra as forças do vento
Sem necessitar de palavras
Somente a emoção sem tradução
Amor que dure ao tempo
Onde tudo o mais é esquecido
Atados por laços sinceros
Onde o silêncio seja a retórica das almas 
Da união dos espíritos
Que não se mude
Não se curve
 Seja inabalável a tormenta
Quero o melhor do amor
Feito vinho envelhecido pelo tempo.