REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Folha ao vento


Aprendi a escrever para aprender a viver
Em meus lábios somente o silêncio
Mesmo assim bebo dos meus versos
Caminho com asas no pé
O meu tempo está nos versos
(passado, presente, futuro)
Versos leves... Versos soltos
Cultivados com liberdade
Que me permite ser
Ponto de luz
Na infinidade...
Inspira-me e aspira-me
Toda minha inquietude
Deleito-me com todas as rosas
Que são ofertadas
Perco-me... acho-me
Estou abrigada em mim
Na única fonte que me sacia
Embriagada por palavras
Assim eu sigo...
Persigo!
Sem medo
Em chama acesa
De sonhos acordados
Segredos que tomam vida
Desnudos pela escrita
Em versos brutos...
Onde me rasgo
Engasgo
Queima-me e fere
Rasga-se o véu
Revelo-me em carne viva
Eclode
O fundo... Do profundo
Entrego-me
Como uma folha ao vento
Suporto firme
Até que chegue a hora
Em que meu espírito renasça
Junto ao meu jardim. 

Minha escalada


Estou a Abrindo As Janelas de Mim
E Deixando O Sol Entrar.
 Estou Juntando Meus Pedaços...
Perdidos Em Algum Momento.
As Desilusões Marcaram Meu Caminho
Deixando Em Mim Ranhuras.

Caindo E Levantando,
Perdendo Ou Ganhando!

Pedaços Abençoados
De Uma Infância Feliz,
Correndo Atrás de Borboletas
Pegando Vaga-lumes.

Pedaços de Sonhos Que Falam
De Uma Adolescência Risonha
Feita de Coragem E Esperança!
Borboleta Procurando Um Jardim...

Dias Felizes de Namoro
Acreditando Em Conto de Fadas
Cheia de Encanto E Fascínio!
Ora Menina Ora Mulher
Flor Em Botão Se Achando Rosa!
Tão Vulnerável E Tão Guerreira

Pedaços de Um Casamento
Dias Felizes, dias de Choro.
De Percas E Ganhos...
Filho... Benção... Vitória
Mãe, plena... Realizada!
Esposa, amante... Rainha!
Desencontros, lágrimas
Ciúmes Sem Lógica, mágoa.
Sentida... Coração Sofrido!
Desenlace... Separação...

Agora Juntando Tudo
Colando Todos Meus Pedaços
Lembranças... Sonhos,
Renovo!
Uma Vida... Uma História
Minha Escalada!

O mundo ainda é o mesmo



Eu só quero caminhar em paz
Quero uma chance de poder seguir
Tentar encontrar-me outra vez
De novo e de novo
sempre
Nunca desistir
persistir
Mesmo que esteja cercada
De embaraços
De laços
Coberta completamente de nuvens
Mata cerrada
Ainda sou poesia
Vento livre e leve
Capaz de atravessar
galgar
Qualquer obstáculo
&
 Seguir em frente
Ultrapassar meus limites
Mesmo que eu erre e caia
Não vou mudar meu modo 
Der ser
De pensar
Só vou mudar meu modo
De agir
Vou planejar melhor
Com mais cuidado em minhas escolhas
Para não ser surpreendida
Pelas ciladas da vida
Nas sutilezas de pretensos (amigos-perigo)
E ser atropelada
Por mentiras 
Engodo de mentes ardilosas
E perigosas
...
Desilusões e desenganos
Sempre há de haver
Pois a vida 
É a mesma coisa
Só muda a direção
(O mundo ainda é o mesmo)
porém 
Não vou cometer os mesmos erros
Aprendi o valor exato
Entre ser grande e (grandeza)
Grandeza de espírito... magnitude
Estrela de primeira grandeza
E (grandeza) em engano... ostentação
Grandeza de ânimo... magnanimidade
Coração generoso
(grandeza) em falta de caráter... desumano
Grandeza de sentimento... elevado
O melhor de cada um
(grandeza) sem consciência
Ao próximo
Ao amor
À Deus
Mania de (grandeza)
Mas onde devo procurar o caminho?
Na liberdade sem falsidade!
 Nos sentimentos...
Puros e verdadeiros
Estes são a essências viva da alma.

Leve-me para casa


Renda-me em suas folhas
Em teus versos de poeta
Prenda-me dentro da sua poesia
Que eu seja sempre sua inspiração
Faça de mim sua prisioneira
Cativa em teus poemas
Porém livre em tuas linhas
Que em tuas letras eu seja leve
Suave como a seda
Livre como o ar
Que eu seja o infinito em seu pensar
Leve-me para casa
Dentro da sua mente-coração
A maré esta alta
Eu estou escorregando
Simplesmente pendurada
Por um fio
Por um triz...
Procure-me
Tenha-me
Detenha-me
Antes que me esqueça
Quero que você se lembre
Que você é o sol
Que me faz brilhar
Sorrir... caminhar
Você é o único
Que me faz correr
Contar dos meus sonhos
voar
...
Portanto
Encontre as palavras certas
Para me descrever
Não me deixe morrer
Eu não teria para onde ir
Seguir
Não saberia me definir
Estaria nula... Em branco
Sem verso
Em reverso no tempo
Você é minha referência
Meu ponto de partida
A saída...
É você que me faz ser poesia
A imagem
A mensagem
Escrita
Descrita
Sem medo...
Sem medo das alturas
Só quero que você me ame
Ame-me!