REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

sábado, 25 de fevereiro de 2012

A vida


Essa é a Vida,
Não tão fácil como falam
 Nem simples como parece,
   Mas temos que aceitar...
Que na realidade
 O tempo passa, pessoas vão,
Algumas para sempre
   Outras por tempo indeterminado...
E às Vezes
Não queremos ninguém por perto
E tentamos esquecer um passado
   Impossível de ser apagado...
Não Vemos
Que por mais óbvio que seja
 Aquele caminho árduo, estreito,
    Vamos onde sangue é ídolo...
 São Canibalescos,
 Uma faca cravada no peito,
 Coração de pedra, alma de vidro,
   Imortal, seco, sarcástico...
Meu Coração
Que teme tentar e errar
 Por medo de paixão, ilusão,
   De perder amores que vem...
Os meus Suicídios
 Fortalecem-se em decepção,
Nasce o ódio que tudo revira
   E uma vez os amores se vão...
Mas na vida aprendemos
Que viver é a cada dia
 Perceber que entre os amores
 Chances são melhores que nada.

( Matheus Rodrigues Aguillar Gera)

Sinta o vento


Só queria...
Que você estivesse perto
Aqui ao meu lado
Lado a lado
Porque perto como está
Ainda é distante demais para mim
Então se você caminhar comigo
Vou te mostrar um lugar
Uma imensidão
Que você nunca viu... Nem sentiu
Não sabe que está aí
Vou te mostrar dentro de mim
Em você... O amor
Venha andar comigo
Sinta o vento
...
(O vento só leva aquele que não sabe sentir)
Não sente quando a brisa muda de direção
Prenuncio que a tempestade vem chegando
E que deve fechar as portas e as janelas
Para que o temporal não invada seu coração
Trazendo-lhe contrariedades e desgostos
 De modo que acabará por perder o amor
Levado pelas asas do vento...
Assim sendo,
Chegue mais perto de mim.


Ama-te a ti mesmo



Ama-te a ti mesmo para amar ao próximo
Contenta-se com a vida
Tenha amor-próprio
 Descubra a sua essência
Faça a diferença 
A seu modo...
Não ao modo dos outros
Para praticar o amor
sinta-o 
degusta-o
E veja o quanto é doce ao paladar
Assim sendo vai saber amar...
A ti... A mim
 Ao mundo... A Deus.
_______________
"Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada. Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas. Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém."

A primeira vista...


O fato de você passar por mim
Não lhe dá o direito de me julgar
Olhar-me já condenando
Não estou lhe dizendo que seja cego
Aos meus defeitos... As minhas escolhas
Só que saiba discernir
Entre atos e atitudes
Pois somos duas vias indiretas
Que se cruzam pelo destino
Seguindo cada qual seu curso
Somos diferentes
Únicos...
Mira-te a ti mesmo!
Veja-te em águas
Límpidas e profundas
Serás capaz de encarar a sua nudez?
Entenda-me e não haja com
(pré-conceitos)
O que vêem em mim é o que eu quero
Que saibam
O nobre (coração... alma).
É somente para aqueles aos quais me permito.


O meu lugar ao sol


Comportei conforme acreditava
Evitei errar e fracassar
entretanto
Fiz escolhas negligentes
decepcionei-me
Caí de joelhos
Eu só queria paz
Ser livre...
Irromper com os cadeados
Achar a fonte
(água viva em fonte seca)
digladiei
Um auto-flagelo
Já podia contornar
O que antes me amedrontava
Hoje eu quero o sol
Estou em convalescença
"O pulso ainda pulsa."