REVELAÇÃO

"Hoje,

Caminho de mãos dadas

Com a felicidade.

E uma enorme vontade de viver...

Sem partida, nem chegada.

Somente uma viagem..."

May Lu

"Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama,

Acorda e põe sua roupa de viver."

Clarice Lispector

"Porque metade de mim é partida

Mas a outra metade é saudade"

Oswaldo Montenegro

cultivando flores

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."

"Alguns procuram a felicidade, outros a criam."
O que é bonito tem vínculos dentro do tempo e da distancia. (May Lu)

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Confisco de emoção!


Esse não é um poema de solidão
É sobre essas figuras enigmáticas
Que tomam conta de mim
E me deixam sem resolução
Somos unidas por cumplicidades
E por ausências...
Vivo a mercê de todas
Confiscada em minhas emoções
Tenho em mim todos os extremos
Vou da alegria as tristezas mais profundas
Tento me esquivar
Acreditando que tudo vai passar
Procuro me defender
Mas minha alma se entrega...
Entre o risco de se romper
A procura do equilíbrio
Às vezes fico imaginando
Se esse cárcere 
Não fui eu mesma que escolhi?
Por questão de sobrevivência!
E que todos esses excessos
Sejam para minha proteção
Que talvez seja melhor eu estar segura
Por um cordel de emoções
Que talvez não me sustentar pela solução
E acabar perdida em minha procura
No profundo da escuridão!

2 comentários:

Sonia Guzzi disse...

Asolidão procurando o sentido da luz e paz. Uma dificil procura...uma improvável resposta.
Um poema com um pouco da história de todos nós.
Beijo, em divina amizade.
Sonia Guzzi

Simone MartinS2 disse...

Boa noite...Eu tambem me sinto,
assim, como varias ao mesmo tempo.
Mas talvez por causa da solidão.
Não consigo libertar a minha alma, vivo em constantes indecisões emocionais. Amo de verdade, mas tambem amo por uma saudade, sei lá...A vida seria tão bela se não fosse tão complicada.
Bjinhos e obrigada pelo teu carinho em meu blog., adorei!